Ex-Taliban teve dificuldade para acreditar que Jesus poderia amá-lo

Um ex-integrante do Taliban que se afastou do jihadismo não conseguia entender como Jesus poderia amá-lo. Nazanin Baghestani, o responsável pelas respostas das perguntas que chegam ao programa da Mohabat TV, um ministério de Heart Iran, disse à Mission Network News que uma ligação inesquecível que sua equipe recebeu foi de um homem que admitiu ser um executor do grupo terrorista Taleban.

O homem, que não foi nomeado, falou de sentir pesadelos e inquietude, mas queria descobrir mais informações sobre Cristo. "Levou um tempo para ele perceber que Jesus poderia ajudá-lo", disse Baghestani.

Isso foi difícil para ele entender. Então conversamos e o aconselhamos, mas ele precisava de mais um tempo. Uma noite, depois de orarmos e conversarmos com ele e lermos a palavra, ele dormiu. E no dia seguinte ele disse: "Essa foi à primeira noite em que consegui dormir em paz".

A jornada de fé do homem continuou, e agora ele encontrou paz e liberdade de seus pecados em Cristo, acrescentou o ministério. Hear Iran acrescentou que muitos muçulmanos continuam encontrando seu caminho para Jesus, apesar da severa perseguição e dificuldades que enfrentam em toda a região do Oriente Médio.

Jesus se manifesta

Alguns encontraram fé através dos sonhos de Jesus, incluindo combatentes do grupo terrorista do Estado Islâmico. Gina Fadely, diretora de Missões da Juventude com Missão de Fronteira, compartilhou previamente a história de um combatente do EI que admitiu ter matado cristãos antes de experimentar a visão de um "homem de branco" que ele acredita ser Cristo.

Falando com a Rede de Rádio Voz dos Mártires na época, Fadely disse: "Ele disse a este líder da JOCUM que ele tinha começado a sonhar com este homem de branco que veio até ele e disse: Você está matando meu povo. E ele começou a se sentir muito desconfortável com o que estava fazendo".

Ela continuou: "Um cristão disse pouco antes de morrer: “Eu sei que você vai me matar, mas eu dou a você minha Bíblia”. O cristão foi morto e o soldado do Estado Islâmico pegou a Bíblia e começou a lê-la. Em outro sonho, Jesus pediu-lhe para segui-lo e ele agora estava pedindo para se tornar um seguidor de Cristo e ser discipulado".

Baghestani de Mohabat TV observou que através de Cristo há esperança para todos, não importa o que eles tenham feito. "Ele (Jesus) pode transformar o coração mais duro e a pessoa mais teimosa. Temos visto muitas dessas pessoas semelhantes a Paulo que vieram a Cristo. Então, com este testemunho, estamos tentando dizer que sim, há esperança e Deus está trabalhando hoje".

Fonte: The Christian Post

Compartilhe