Muçulmano que perseguia primo cristão, vê Jesus em sonho e abraça a fé

Um muçulmano egípcio que planejava matar seu primo por se converter ao cristianismo compartilhou como ele abraçou a fé que ele uma vez odiava depois que Jesus entregou uma mensagem poderosa para ele em um sonho.

Mostafa, um novo convertido no Egito, compartilhou recentemente com o Portas Abertas, que ele viajou para o Cairo com a intenção de matar seu primo, Mohammad, que havia se convertido do islamismo ao cristianismo.

No Egito, a conversão do islamismo ao cristianismo é vista como uma traição à família e à herança de uma pessoa. Cristãos convertem-se com o risco de perder sua família, amigos e até mesmo suas vidas.

Depois de encontrar seu primo sentado em um culto cristão, Mostafa se preparava para ir relatar tudo o que estava vendo para sua família. Mas enquanto ouvia as canções e orações, ficou instigado com as palavras que estava ouvindo.

A mensagem do amor de Deus

Depois do culto, Mostafa aproximou-se de Mohammad com lágrimas nos olhos: “Eu vim até a vila de nossa família para espionar você e ver se você realmente se tornou um cristão”, disse ele. “Eu deveria informar sua família sobre o que eu vi, mas eu não posso. Acho que a escolha que você fez pode ter sido  correta. Você pode me contar mais? Por que você deixou o Islã para o cristianismo?"

Naquela noite, os primos passaram horas falando sobre o Evangelho, e naquela noite, Mostafa teve um sonho. Ele viu Jesus na cruz, olhando para ele e dizendo: “Eu fiz tudo isso porque amo você e quero que você fique livre dos seus pecados.” Na manhã seguinte, Mostafa contou a Mohammed o que ele viu em seu sonho e pediu a seu primo para orar junto com ele por sua salvação.

Mostafa lembrou-se de contar a Deus: “Eu planejei matar meu primo, seu seguidor. Mas agora estou preparado para dar a minha vida a você”. No mês seguinte, Mostafa foi batizado com seu primo ao lado dele. Ele não disse a sua família que eles são seguidores de Jesus, e os dois primos estão vivendo como crentes secretos.

No Oriente, é um privilégio possuir uma Bíblia

O Egito ocupa o 16º lugar na lista de observação da Open Doors e continua a ser um país que representa perigo extremo e violência para os cristãos, de acordo com o órgão de controle da perseguição. Vários grupos extremistas islâmicos continuam sendo os maiores perseguidores de cristãos no país.

Apesar da contínua perseguição, vários cristãos em todo o Oriente Médio abraçaram o cristianismo. Oficialmente, cerca de 10% da população de 95 milhões são cristãos, embora muitos acreditem que o número é significativamente maior.

No ano passado, um ex-muçulmano que deu início a centenas de igrejas no Paquistão disse ao The Christian Post que muitos muçulmanos estão tomando decisões para se converter depois que o próprio Jesus os visitou em sonhos e visões.

É muito perigoso alguém pregar a Palavra de Deus face a face em países não ocidentais”, disse o pastor ao CP. “Deus revela coisas através de sonhos para evangelistas / pastores. As pessoas no Oriente são mais incultas e incapazes de ler a Bíblia, então Deus usa esse método para alcançá-las ”.

“As pessoas são muito fiéis no Oriente e se preocupam em conhecer a Deus e estudar sua Palavra e ver seus sinais”, acrescentou. “O povo oriental observa os sinais e milagres para mostrar que a Palavra de Deus está viva”. É um privilégio possuir uma Bíblia no Oriente.

Jesus se manifesta em sonhos

A revista Mission Frontiers também relatou que dos 600 muçulmanos convertidos, 25% experimentaram um sonho que levou à sua conversão.

Um ex-xamã em uma vila no noroeste da China compartilhou em outro artigo para o Portas Abertas em julho que ela viu Cristo em seu leito de morte. "Eu estava no banco de trás de um táxi enquanto meu irmão me levava para a escuridão sem fim. Mas então três homens, que usavam vestes brancas brilhantes, se aproximaram. Mas a luz deles era tão brilhante que eu não conseguia ver seus rostos”.

"Eles me disseram que eu deveria fazer uma escolha. E enquanto falavam, dois outros homens vestindo vestes negras me convidaram para segui-los. Eu sabia em meu coração que um dos homens vestindo uma túnica branca era Jesus. Então eu O segui".

Em 2015, um combatente do grupo terrorista Estado Islâmico que havia matado cristãos também se voltou para Cristo depois de supostamente sonhar com "um homem de branco".

 

Fonte: The Christian Post

Compartilhe